Seguidores

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

O que Ler para ter uma Ótima Formação?

Acabei de ler um e-mail que recebi do Site Educar para Crescer, que me chamou muita atenção.

Acredito que essa é uma dica muito valiosa para todos nós educadores e educandos, pais e filhos.

Boa Leitura:


Para obter mais informações acesse: http://educarparacrescer.abril.com.br/livros/

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Trabalhando as Eleições em Sala de Aula

http://www.ipco.org.br/home/wp-content/uploads/2010/06/Eleições-2010.jpg
Recebi algumas dicas de um dos grupos de Blogueiros Educadores que participo de como trabalhar o tema Eleições na escola.


Por julgar essa uma ótima oportunidade para trabalharmos Cidadania, ai vai algumas dicas:


Estarei atualizando minha lista de sites em: http://delicious.com/ivanildamilfont/ 



Sugestão de Passo a Passo:

1- Conversa informal/ Roda de conversa para saber o que os alunos já sabem, estimular a discussão sobre o assunto;

2- Apresentação de vídeos sobre os cargos e funções das Eleições 2010. Uma maravilhosa Educadora, a Profª Sylvia organizou o material perfeitamente em seu Blog Docência em Língua Portuguesa. Disponível em: http://docencialp.blogspot.com/2010/08/videos-consciencia-do-voto.html

3- Temos ainda uma postagem no Blog A Escolha para Presidente da Profª Sheila, com um Webquest para Atividade no Blog. Disponível em: http://aescolhaparapresidente.blogspot.com/


4- Para concluir o trabalho indico trabalhar com um simulador de urna eletrônica para sala de aula. Com ele você e sua turma poderão fazer:

  1. "cadastramento de partidos;
  2. cadastramento de cargos para o legislativo e executivo;
  3. cadastramento de candidatos, seus números e partidos;
  4. cadastramento de slogans de campanha;
  5. cadastramento de fotos dos candidatos;
  6. produção automática de cartazes de campanha para impressão;
  7. produção automática de fichas de pesquisa de intenção de votos;
  8. tabulação e geração automática de gráficos de desempenho;
  9. eleição via urna eletrônica simulando a urna oficial do TRE;
  10. apuração automática com contagem simples ou proporcional de votos."
Disponível para download no Site Jogo Aula em: http://www.jogoaula.blog.br/modules/news/article.php?storyid=57 

Artigo: Power Point com Carteirinha

Prezados colegas, mais uma vez li um artigo que julguei importante compartilhar com vocês:


Artigo publicado na Revista Veja - por Cláudio de Moura Castro


Se Jesus usasse PowerPoint, não teria discípulos. Não se contam histórias emocionantes com ele.
http://www.cristovam.org.br/portal2/index.php?option=com_content&view=article&id=3113:os-meninos-lobo-claudio-de-moura-castro-872009&catid=21&Itemid=100060




PowerPoint era o invento que faltava. Permite projetar na parede o que antes era colocado em garranchos escritos no quadro-negro. Fim do pó de giz. Fim da perda de tempo esperan do o professor escrever. Viva o império das cores, dos desenhos elegantes, dos sons, dos hipertextos (com YouTube e animações). Fim das falhas de me mória, pois, uma vez benfeito, dura para sempre. Mas, se necessário, corrigimos em segundos. Para a sucata o retroprojetor, que precisava de ajudante pa ra passar seus acetatos caros, que não aceitavam cor reções, que caíam no chão e se misturavam. Só que, na prática, costuma ser um desastre. Cruzes! Lá vem umPowerPoint chatíssimo! Mas no escurinho, inde cisa entre ouvir e ler, a prateia cochila. Aliás, está proibido em cada vez mais empresas e no Exército americano falar-se de "morte por PowerPoint". Os erros se repetem, começando com o congestiona mento visual. Cores demais, borboletas, plin-plins, acordes dramáticos, dese nhos de mau gosto, pleto ra de caracteres tipográfi cos conflitantes, informa ções periféricas à aula, logotipos e outros balangandãs. Depois vem o ex cesso de informações e de slides, sobrecarregados com textos intermináveis. Culmina com o erro fatal: o texto lido! Como lemos cinco vezes mais rápido do que o professor fala, passamos à sua frente. Ou seja, o pobre professor levou para a aula um concor rente que tomou a sua cena, pois já lemos o texto e não escutamos mais o que ele diz.
Há uma regra clássica: se alguém que não assis tiu à aula recebe o PowerPoint e o entende, está er rado por excesso. Os slides terão arruinado a aula, arrancando-a do professor e deixando desgovernada a atenção da plateia, Aliás, se é para ler, o que faz lá o conferencista? O texto dos slides deve ser apenas um recurso mnemônico, para fixar os conceitos men cionados e para criar a arquitetura mental das princi pais ideias. Que fique claro: o PowerPoint não subs titui nem o professor nem as leituras. O que ele subs tirui é o quadro-negro! Ele é um resumo e, bem sabe mos; não se aprende em resumos. Serve para fixar na memória as grandes ideias. Para aprender, precisa mos dos exemplos e dos detalhes.
PowerPoint é maravilhoso, se for bem usado. Visualmente, precisa ser de extrema simplicidade. Se a figura não vale mil palavras, lixo com ela. Já se disse, quem vê Steve Jobs e Bill Gates usá-lo apren de tudo de que precisa. Imitemos o supremo despoja mento de Jobs e seremos bem-sucedidos. Imitemos Gates e afundaremos na barafunda visual.
Se Jesus usasse PowerPoint, não teria discípulos, pois histórias, parábolas, contos e narrativas são enre dos na contramão das listas mostradas nos slides. Não se contam histórias emocionantes com ele. É impos sível narrar uma aventura comPowerPoint (vá lá pro jetar o mapa). A sua lógica é a enumeração, e nem tudo pode ser transformado em uma lista. Para dedu zir um teorema, mostrar uma lei da física ou fazer conexões lógicas, precisamos recorrer a gráficos ou a outra lógica de apresentação, fugindo dos "marcado res" (bullets) enfiados goela abaixo dos usuários.
Para quem quer encontrar o bom caminho do PowerPoint, o livro Presentation Zen é a redenção. O autor nos lembra que nosso cérebro tem um hemisfério es querdo, que cuida da razão, e um di reito, encarregado das emoções, das evocações. Uma boa aula ativa na plateia os dois hemisférios: inspira o direito e explica ao esquerdo. E com qual hemisfério o PowerPoint vai se comunicar? Se falar ao esquerdo, da razão, vai competir com as palavras do professor. E o desastre anuncia do. Nele, as poucas palavras são para reter na memória as idéias ouvidas, não para lançá-Ias. Portanto, sua missão deve ser evocar, inspirar, infiltrar sentimentos. Daí a impor­tância da escolha judiciosa das imagens. Melhor que sejam fotografias (abundantes no Google Images), e que se fuja, como o diabo da cruz, da Clip-art e dos desenhos humorísticos.
Diante disso tudo, só resta uma solução: exigir carteira de habilitação para usarPowerPoint. Vamos à autoescola e tiramos carteira, para reduzir o risco de atropelar uma velhinha na primeira esquina. En tão, carteira para usar PowerPoint, para evitar que barbeiragens ponham a perder o potencial educativo de um recurso tão extraordinário, mas que pode ser usado também para confundir a plateia e mentir.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Dicas de Como Aprender/ Ensinar Divisão Matemática Criativamente

Ao receber uma mensagem da Querida Educadora Gisele, solicitando dicas para ajudar sua filha a aprender divisão matemática, recordei-me de alguns vídeos da Revista Nova Escola, que já me ajudaram muito e que sempre indico para os professores que acompanho. 
Por acreditar que tal material pode ser muito importante para muitos educadores e educandos, resolvi disponibilizar alguns vídeos e sugerir que continuem assistindo outros vídeos da Série Matemática é D+.




Outros vídeos que sempre utilizo são do Novo Telecurso:
 


Referência Bibliográfica:

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Oficina de Jogos Matemáticos Gratuitamente

O Prof. Agnaldo, da Secretaria Municipal de Educação/ Dourados/ MS, estará ministrando gratuitamente a III Oficina de Jogos Matemáticos, na Escola Municipal Neil Fioravanti/ CAIC.

A oficina terá encontros presenciais, das 17h15min às 20h nos dias:
  • 16 de agosto
  • 30 de agosto
  • 13 de setembro
  • 27 de setembro
  • 04 de outubro
  • 18 de outubro
  • 08 de novembro
  • 22 de novembro
  • 06 de dezembro


Serão 36h presenciais e 44h de atividades extras, que serão desenvolvidas com alunos, totalizando 80h. 

O certificado será entregue de acordo com a resolução nº 278 de 13 de março de 2004, publicada no Diário Oficial nº 1246 de 14 de abril de 2004.

As inscrições poderão ser feitas pessoalmente na SEMED com o Prof. Agnaldo, via e-mail, para: agnaldomatematica@zipmail.com.br ou na Secretaria (com a Sra. Paula) ou Coordenação Pedagógica da escola onde ocorrerá a oficina.

A Equipe Pedagógica do Programa Mais Educação não perderá a oportunidade. Estaremos lá, e esperamos encontrá-lo nessa oficina!



sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Alunos do Programa Mais Educação participarão da I Gincana de Jogos Matemáticos/ SEMED


Os alunos da Escola Municipal Profª Clori Benedetti de Freitas, atendidos pelo Programa Mais Educação estão super animados com o treinamento para a I Gincana de Jogos Matemáticos, que será realizada nos meses de setembro e outubro do corrente ano. Em uma mini gincana na própria instituição na semana final das inscrições, serão selecionados os alunos que representarão a escola.

A gincana está sendo organizada pela Secretaria Municipal de Educação de Dourados/MS, e participarão alunos de todas as faixas etárias, matriculados no Ensino Fundamental regular ou na modalidade Educação de Jovens e Adultos da Rede Municipal de Ensino. O Prof. Agnaldo José dos Santos é o responsável pelas inscrições.

Jogos Matemáticos que serão disputados na gincana:
- Jogo do Nin
- Jogo da Onça
- Alquerque
- Kalah
- Resta Um
- Faça 10
- Baralho da Multiplicação
- Cubo Rubik
- Xadrez

Premiação:
- Troféu por Equipe:
     - 1º Lugar
     - 2º Lugar
     - 3º Lugar
- Medalhas:
     - Categoria Mirim (até 07 anos)
     - Categoria Infantil (de 08 a 10 anos)
     - Categoria Juvenil (de 11 a 13 anos):
     - Categoria Abertos (para qualquer idade - jogará todas as modalidades)
          - 1º Lugar
          - 2º Lugar
          - 3º Lugar 

As Monitoras de Matemática do Programa Mais Educação da EM Clori, Profª Cleide e Profª Lucinéia utilizaram as apresentações encaminhadas pelo Prof. Agnaldo via e-mail para introduzir alguns jogos, na Sala de Tecnologias Educacionais.

Jogo Alquerque:


Jogo do Nin:



Jogo da Onça:



Jogo Pong Chinês:


Jogo Kalah


No próximo dia 10, no Auditório da Secretaria Municipal de Educação de Dourados/ MS, às 07h30min haverá um encontro com representantes das escolas que participarão da gincana. A Professora Comunitária do Programa Mais Educação, Coordenadora Pedagógica Ivanilda Milfont, estará presente na reunião representando a Escola Municipal Profª Clori Benedetti de Freitas, que participará em todas as modalidades.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Espetáculo "COREOgeografia MS" - Acesso à Cultura Gratuitamente

http://www.douradosagora.com.br/
Presente para o Dia dos Pais.

Você já pensou na possibilidade de levar seu pai para prestigiar um super espetáculo em seu dia gratuitamente?

O espetáculo "COREOgeografia MS", do grupo Dome será apresentado no Teatro Municipal de Dourados, neste sábado, dia 07 de agosto de 2010, às 20h.

A entrada é gratuita. 

O espetáculo conta com a concepção e direção de Blanche Torres. A peça já foi apresentada com sucesso de público em vários municípios da região, entre eles Campo Grande, Maracaju e Sidrolândia, além de participar do Festival de Inverno de Bonito, um dos maiores eventos do Centro-Oeste.

"Blanche explica que "COREOGEOGRAFIA MS", faz uma homenagem à dança teatro da coreógrafa alemã Pina Bausch, que morreu recentemente. 'A primeira vez que li a palavra "coreogeografia" foi em uma crítica da Helena Katz, sobre os espetáculos da coreógrafa alemã Pina Bausch. Ela disse: "Pina faz coreogeografias", referindo-se á pesquisa que a coreógrafa fazia dos lugares por onde passava, como Brasil, Índia, Inglaterra, Itália entre outros. Hoje Pina não está mais entre nós, mas sua idéia de coreografar lugares me seduziu para realizar este espetáculo em sua homenagem'.
A proposta de criação coreográfica do espetáculo se apropriou dos verbos dos poemas de Manoel de Barros para criar movimentos embalados por músicas de Helena Meirelles, Dino Rocha, Tetê Espíndola, Almir Sater, Biko do Trombone e Rozemberg, Caetano Veloso, Uakti, Canto Kaiowá e Ney Matogrosso.
Para a professora doutora da Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Lenira Rengel, que assistiu ao ensaio, "o Fundo de Investimento Cultural (FIC), acerta ao promover o Grupo Dome de Dourados. "Blanche e o grupo transitam por vários códigos de dança para tratar de questões regionais que se expandem à aldeia global, como já bem disse MacLuhan", lembra. Ela diz ainda que a proposta de dialogar com a força intelectual expressiva da dança-teatro buscam-se expandir as possibilidades cênicas de corpos tão díspares que se juntam para compartilhar uma arte/vida de um novo Estado brasileiro, no qual tantos Brasis convivem. O pesquisador Jair Damasceno, "em COREOgeografia MS", a sensibilidade de Blanche Torres soube mesclar o desejo de um trabalho com as possibilidades da sua realização. Não foi omissa ao tratar os temas e signos do seu espetáculo, lidou com os códigos com licença poética, com humor equilibrado, coreografias abertas, simples e ritmadas e a alegria presente no trabalho e que se definiu à medida da descontração dos bailarinos", analisa.
"COREOgeografia MS" tem no elenco: Flávio Calixto, João Rocha, Márcio Ozório, Lorena Hernandez, Társila Bonelli, Liziane Zarpelon, Andiara Pacco e Rosana Segatto. O espetáculo integra o projeto Dança MS e recebeu investimentos da Fundação de Cultura do Estado de MS, por intermédio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC)."

Fonte: http://www.douradosagora.com.br/noticias/entretenimento/coreogeografia-ms-hoje-no-festival-de-inverno-de-bonito

Festa Julina 2010 - EM Clori



Programa Mais Educação realiza II CineEduca na Escola Clori

Na última sexta-feira, dia 30 de julho de 2010, a Equipe Pedagógica do Programa Mais Educação na Escola Clori, realizou a II CineEduca.

Uma das monitoras de Letramento de Língua Portuguesa do Programa na instituição, Profª Sônia, auxiliada por nossa Auxiliar de Biblioteca Selma deu inicio a II CineEduca da EM Clori.

A Professora Comunitária do Programa Mais Educação/ Dourados Educa Mais, na Escola Municipal Profª Clori Benedetti de Freitas, a Coordenadora Pedagógica Ivanilda Milfont, planejou a segunda etapa para a próxima terça-feira, dia 03 de agosto, com auxílio dos monitores Prof. Maycon Jorge e Profª Paulicéia Mendes.

# Espaço físico: Assim como na I CineEduca, continamos ocupando a Sala dos Professores da Escola, que funciona também como biblioteca. Infelizmente a ampliação/reforma de nossa escola, que contemplará nossos alunos com uma sala exclusiva ainda não foi concluída.

# Colaboradores: Seleção de filmes: Coord. Ped. Ivanilda Milfont, Profª Leonice e Prof. Maycon Jorge e Profª Paulicéia. Organização do espaço e equipamento: Coord. Ped. Ivanilda Milfon, Assistente de Biblioteca Selma, Prof. Maycon Jorge, Profª Paulicéia e Profª Sônia. Lanche: Equipe Pedagógica da Cozinha.

# Agradecimentos: a toda Equipe Pedagógica que tornou possível a realização de mais um sonho, principalmente aos professores que gentilmente cederam sua sala!

# Imprevisto: Novamente, havíamos planejado exibir o Filme: CJ7 O Brinquedo Mágico em todas as sessões, no entanto, nosso equipamento não o identificou nas sessões do matutino. Logo, partimos para nossa reserva: Força G.

# Sinopse dos filmes apresentados:

   


Força G: As pequenas cobaias de laboratório são armados com um kit de espionagem que vão além da imaginação, e elas descobrem que o destino do planeta está em suas patas. O esquadrão FORÇA-G inclui os porquinhos-da-índia Darwin, o líder do grupo, determinado a vencer a qualquer custo; Blaster, uma perita em armamentos com muita personalidade e paixão por tudo o que é radical; e Juarez, a sexy mestre em artes marciais; e também a mosca Mooch, um perito em reconhecimento, e a toupeira Speckles, o especialista em computação e informação.







 


CJ7 O Brinquedo Mágico: Stephen Chow (Kung-Fusão, Kung Fu Futebol Clube) interpreta Iron, um pai amoroso e pobre que trabalha tantas horas que mal tem tempo para ficar com seu jovem filho. Sem meios para comprar o brinquedo da moda que seu filho pede com insistência, Iron leva para casa um "bichinho de estimação” misterioso que encontra em meio ao lixo. Quando descobrem que a criaturinha fofa é na verdade um extraterrestre que adora se divertir e pode realizar feitos incríveis, tanto o pai quanto o filho aprendem lições importantes que mudaram suas vidas. Uma ficção científica encantadora que cativará toda a família.

Fique por dentro

Loading...